Alguns exemplos de Coaching

COACHING VOCACIONAL

Rosany Bandão

Estamos lidando com um ser em desenvolvimento social, biológico e cognitivo, sem estruturas prontas e acabadas. Cada jovem possui sua história de vida, seu mapa de mundo, sua própria experiência e suas próprias crenças. Talvez essa seja uma das fases mais delicadas na vida do ser humano onde um apoio se constitui em uma importante estratégia uma vez que ele não é ainda maduro para para definir seu futuro.

O momento da escolha de uma profissão coincide com a fase do desenvolvimento no qual o jovem está se redescobrindo, está definindo sua identidade e ao mesmo tempo está construindo uma identidade vocacional através de suas percepções da realidade sócio cultural. O jovem está em busca de um sentido de vida, tem dificuldade de enxergar as consequências de suas escolhas porque faz escolhas pelo momento, é facilmente influenciado nas suas escolhas, quer ajuda, mas não sabe como, boa parte dos jovens escolhe sua profissão por impulso ou para agradar os pais e isso é próprio da idade.

Com tantas mudanças e desafios na vida contemporânea, os jovens sentem-se desafiados bem cedo a definir uma carreira profissional.

Mas antes de falar das dificuldades encontradas para se escolher uma profissão, ou melhor, estar satisfeito com sua profissão, e também antes de falar o que é um processo de Coaching, precisamos citar dois pilares muito importantes para uma carreira profissional. Um desses pilares é o Planejamento e o outro pilar é o Autoconhecimento.

Planejamento.

Um planejamento que pode tentar enxergar o futuro daqui a 20 anos, mas para começar pode apenas traçar pequenas metas anuais ou semestrais. O importante é ter em mente esse caminho. Saber que possibilidades você tem à frente e onde pode ir.

Quem se planeja, tem um futuro profissional, quem não se planeja, tem um destino, um acaso, tem que estar abertos as oportunidades que surgirem.

Qualquer planejamento começa com perguntas como, “como você se enxerga? ”, “quais são meus talentos? “Com o que me identifico? ” “ Quais competências preciso desenvolver para alcançar tal objetivo? etc., tentando a partir deste ponto entender os caminhos que você pode seguir.

Um planejamento não te dará só a sensação de direção, como ainda a segurança de que estará sempre no rumo que escolheu lá atrás, e não se preocupe, isso pode ser chato agora, mas quando você chegar lá vai agradecer a todo esse tempo que “perdeu” (na verdade ganhou) planejando sua carreira.

Autoconhecimento.

O autoconhecimento, segundo a psicologia, significa o conhecimento de um indivíduo sobre si mesmo, é a capacidade inata que nos permite perceber aos poucos o que necessitamos transformar, ampliar nossa consciência sobre nossos potenciais adormecidos, a fim de que possamos vir a ser aquilo que somos em essência. A prática de se conhecer melhor faz com que a pessoa tenha controle sobre suas emoções positivas ou não. O controle emocional gerado pelo autoconhecimento pode evitar sentimentos de baixa autoestima, frustração, ansiedade, instabilidade emocional e outros.

É fundamental conhecer o poder que o autoconhecimento pode exercer sobre a sua vida, pois só assim você terá os recursos necessários para você mesmo fazer com que as mudanças que tanto deseja, de fato aconteçam e transformem a sua realidade verdadeiramente.

E aqui, entra o grande e fundamental questionamento:

Quem sou eu? Eu sei quais são minhas qualidades e quais são meus defeitos? Eu sei quais são os aspectos que preciso melhorar para me tornar um bom profissional, e um bom ser humano? Que medos eu tenho? Quais são meus valores e crenças e como eles influenciam nas minhas decisões do dia a dia.

O autoconceito assim como o autoconhecimento são fundamentais relativo a imagem que a pessoa faz de si mesma, baseado em seus valores, competências, aptidões e na relação direta com as pessoas em seu entorno.

Você sabia que pode contar com o Coaching Vocacional na hora de fazer a sua escolha profissional?

O Coaching Vocacional para jovens ou o Coaching de Carreira para profissionais já experientes contempla esses dois pilares, utilizando-se de ferramentas e técnicas para que cada indivíduo possa se conhecer e se planejar de forma eficiente. O processo de Coaching também leva em consideração o mercado de trabalho e para isso é necessário muita pesquisa antes da ação.

Coaching é uma metodologia que busca atender as seguintes necessidades: atingir metas, solucionar problemas e desenvolver novas habilidades.

O Coaching vocacional ou de carreira é liderado por um profissional qualificado e que utiliza metodologias, técnicas e ferramentas para benefício de um indivíduo. É conhecido como “formal”, este método é pago, e existe um contrato, sessões estruturadas e reuniões para ajudar os clientes.

CONHEÇAO TRABALHO DE ROSANY BRANDÃO